Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

My cup of tea

"You can never get a cup of tea large enough or a book long enough to suit me" C. S. Lewis

My cup of tea

"You can never get a cup of tea large enough or a book long enough to suit me" C. S. Lewis

Depois de uma semana de privação de carne

Hoje foi um dia ótimo, para cima de espetacular, e eu tinha de vir cá partilhar esse facto. Não, não vou passar as minhas próximas férias às Caraíbas. Não, não recebi uma herança com um número astronómico de dígitos. Muito melhor. A fasquia está alta, eu sei. Mas acreditem, é caso para isso.

Depois de quase uma semana sem comer carne, eis que hoje foi o dia em que isso voltou a acontecer. É nestas alturas que uma pessoa dá valor ao que é banal e vulgar e percebe que, afinal, nem tudo está garantido. Só sabemos que estivemos lá em cima, quando estamos cá em baixo. E hoje, eu percebi que já tinha atingido os píncaros da felicidade: tinha liberdade para comer carne mais ou menos quando me desse na real gana. Um bife com arroz (imaginem, nem o arroz era integral!) passa a ser algo inexplicavelmente precioso.

Quando vi aquele naco de carne suculenta, permiti que as minhas papilas gustativas divagassem pelos lugares mais recônditos da minha mente numa tentativa de se relembrarem exatamente qual seria o sabor da carne. Mas só quando ferrei o dente é que percebi que o que quer que a minha mente tivesse produzido, ficava muito aquém da realidade. Pelo meu cérebero ecoou:

Aaaaaaaaaaaahhhh! (som angelical)

E de repente, tudo passou a fazer sentido, a vida passou mesmo a ser bestial.

Permiti-me dar asas à minha felicidade e iniciei um intróito musical:

- Oh, happy daaaaaaaaaay! Oh, haaaappy daaaaaaaaaaaay!

Em troca recebi um olhar escandalizado da minha mãe que queria dizer nada mais, nada menos que:

"Raça da miúda, tu não sabes que não se canta à mesa!"

(A minha mãe não diz raça da miúda. A minha avó diria, mas a minha mãe não. Mas para efeitos dramáticos, não vem mal nenhum ao mundo se fingirmos que a minha mãe diria isso.)

Mas, não quero saber. Estou extremamente alegre e não vão saber as regras de etiqueta que vão ofuscar a minha felicidade.

Três vivas para a carne!

tumblr_m720iciprY1rqx7a0o2_1280.png

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.