Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My cup of tea

"You can never get a cup of tea large enough or a book long enough to suit me" C. S. Lewis

My cup of tea

"You can never get a cup of tea large enough or a book long enough to suit me" C. S. Lewis

Terapia de choque para deixar de roer as unhas compulsivamente

Se há coisa que me irrita de sobremaneira na minha pessoa, é dar cabo das unhas e cutículas compulsivamente. Já tentei parar mais vezes do que aquelas que consigo contar. E não vai lá. Acho que a minha solução neste momento, passa por terapia de choque. Uma coisa agressiva que me acometa de tremeliques vários só de pensar.

1. Comprometer-me solenemente a deixar isto (parece que vou deixar de ser toxicodependente, mas não, vou só mesmo deixar de roer as unhas). Com testemunhas para dificultar o processo de desistência.

2. Esbofetear-me ou fazer prometer a quem está ao meu lado que me esbofeteie em caso de mínimo contacto entre mãos e boca.

3. Andar com uma imagem toda fancy de umas unhas todas supimpas para motivar.

4. Ter permanentemente uma mordaça na mala para situações de crise.

5. Cadeira elétrica caso chegue ao final do dia e tenha quebrado a promessa.

Em 2016 vou...

Deixar de roer as unhas. Deixar de roer as unhas. Deixar de roer as unhas. Deixar de roer as unhas. Deixar de roer as unhas.

Mais. Em 2016 vou deixar de dilacerar as cutículas como se não houvesse amanhã. Já são mais nacos de carne, com um tamanho acima de uma mera cutícula. De tal forma que fico com os dedos em carne viva, ao ponto de já me terem perguntado se me tinha queimado. Não exatamente. Preferi não entrar em grandes pormenores. Por este andar acabam a sugerir-me psicólogo por problemas com auto-mutilação.

2016 vai ser o ano em que vou deixar os meus problemas com unhas e cutículas. Outra vez, que isto é promessa que está sempre no topo da lista e fica sempre por cumprir.